Ary Fernandes – criador da série Vigilante Rodoviário.

Entrevista realizada por Izaías Correia

Filho de imigrantes espanhóis e portugueses, Ary Fernandes nasceu em 31 de março de 1931, no bairro de Santana, zona norte da capital do estado de São Paulo.

Criador e diretor dos seriados clássicos Vigilante Rodoviário e Águias de Fogo, o pioneiro Ary Fernandes marcou e revolucionou a história da televisão brasileira, inaugurando uma nova era neste veículo e abrindo as portas para novos talentos que hoje figuram como grandes nomes da nossa teledramaturgia.

Constam mais de 130 filmes sob sua direção e produção, tanto em âmbito nacional como internacional, mas sem dúvida os maiores destaques em sua carreira são as séries já citadas e é sobre elas que conversarmos nesta entrevista.


“Gostaria de ter feito mais coisas…
…Sentimos que sempre há algo mais para se realizar.”

Ary Fernandes

Ary Fernandes em sua casa

INFANTV – Ary Fernandes, fale um pouco sobre sua trajetória artística até chegar a Tupi?
ARY FERNANDES – Não cheguei na Tupi, mas sim, as séries Vigilante Rodoviário e Águias de Fogo foram exibidas pela TV Tupi. Minha trajetória foi: radialista, ator de teatro, ator de TV, ator e técnico em cinema.

ITV – A nossa tevê já estava recheada por heróis enlatados de sucesso, como surgiu a ideia de criar um herói brasileiro?
AF – A ideia de criar um herói eu tinha desde criança; pois assistia aos seriados em cinema e não entendia o porque não havia nenhum herói brasileiro.

ITV – Na época do Vigilante Rodoviário só havia 3 países que produziam filmes em séries; e na América Latina nenhum país havia ainda se aventurado. O Senhor sentiu que era um risco produzir o Vigilante Rodoviário?
AF – Qualquer coisa que se produz competindo com um produto estrangeiro era e “é” um risco até hoje. Contudo, naquela época, minha vontade de realizar um sonho antigo e tendo o apoio necessário para concretizá-lo, superava qualquer risco. Era um desafio.

ITV – Ary Fernandes, o Vigilante Rodoviário serviu como modelo de moral e princípios na década de 1960. Fica um sentimento de dever cumprido?
AF – Gostaria de ter feito mais coisas. Acho que na vida essa sensação nunca é saciada por completo.  Sentimos que sempre há algo mais para se realizar.  Quando ao “modelo de moral e princípios”, sinto-me honrado por ter criado um personagem que agradou ao público e consequentemente serviu de “espelho” para uma geração.

ITV – Como surgiu a ideia de um parceiro canino para o Vigilante Carlos?
AF – Sempre gostei de cães. Afinal, o cão é o melhor amigo do homem. Então, ao compor o personagem, achei que essa parceria agradaria também ao público. O que felizmente aconteceu.

Ary Fernandes dirigindo Vigilante Rodoviário.

ITV – Através do Vigilante Rodoviário o senhor abriu as portas para artistas como Stênio Garcia, Fúlvio Estefanini, Ary Fontoura, Rosa Maria Murtinho, Juca Chaves entre outros. Há reconhecimento até hoje por parte deles?
AF – Sim, houve reconhecimento. E mesmo hoje em dia, em entrevistas, quando aborda-se o tema, sempre há uma menção carinhosa por parte desses maravilhosos atores que glorificam nossa dramaturgia.

ITV – O ator Carlos Miranda acabou se tornando policial rodoviário após o término da série. O senhor tem notícias de fãs do seriado que tenham feito o mesmo?
AF – Sim, muitos fãs me procuraram e relataram que inspirados na série, tornaram-se policiais.

ITV – O Vigilante Rodoviário voltou à ativa em 1978. Como surgiu esse projeto? Por que a nova série não deu certo?
AF – Porque estava sendo realizada através da embrafilmes que acabou. Finalizei o longa metragem piloto que traria novamente a série. Vocês podem ver algumas dessas fotos e saber mais sobre este longa metragem em meu site.

ITV – Então o Senhor tem um site oficial, o que os seus fãs vão encontrar nele além da história do longa-metragem? E qual o endereço?
AF – São três. Infelizmente eles ficaram fora do ar por aproximadamente 10 meses devidos alguns problemas. Porém, gostaria de aproveitar e comunicar à todos que eles já se encontram novamente no ar! São eles: http://aryfernandes.vilabol.uol.com.br, http://seriadoaguiasdefogo.vilabol.uol.com.br e www.seriadovigilanterodoviario.hpg.com.br. Lá estão alguns dos meus trabalhos em cinema, TV e propaganda. Com muitas fotos inéditas, vídeos, canções etc. Relato a verdadeira história das minhas séries pioneiras: Vigilante Rodoviário e Águias de Fogo!
Como as criei, escolha do personagem, enfim tudo que sempre os fãs perguntavam e não sabiam onde procurar. Senti a necessidade de contar tudo conforme aconteceu.
Esse é o meu compromisso com vocês que sempre demonstraram tanto carinho pelo meu trabalho!Durante todos esses anos, muitas histórias foram contadas como verídicas. Como criador e diretor, produtor dessas obras, já estava na hora dos fãs saciarem suas perguntas com quem as idealizou e criou.

Ary Fernandes em Águias de Fogo.

ITV – Ouvi dizer que a série Águias de Fogo era a sua preferida e que você não entende porque não teve a mesma repercussão que o Vigilante, é verdade?
AF – Não, não era a preferida! As duas para mim são iguais. São como meus filhos! Foram realizadas em épocas diferentes. Eu tinha mais experiência na época do Águias de Fogo. Quanto a ter o mesmo sucesso, isso acontece com qualquer programa!

ITV – Ary, o Senhor passou por uma fase difícil em sua vida há três anos. O que isso lhe trouxe de positivo? Algum aprendizado?
AF – Sim, sofri um AVC ou derrame como é mais conhecido. Contudo… até nas horas difíceis encontramos explicações para uma série de coisas que passamos e não entendíamos o porquê…

ITV – Como é que está a saúde hoje?
AF – Bem melhor do que a três anos atrás! Não tive sequelas neurológicas. Ando com um pouco de dificuldade, mas estou saudável!

ITV – Quais os seus próximos projetos envolvendo as séries O Vigilante Rodoviário e Águias de Fogo?
AF – Tenho vários roteiros prontos! Vamos ver se conseguimos voltar com a série.

ITV – Muito obrigado pela entrevista, eu gostaria que o Senhor deixasse uma mensagem para o pessoal do InfanTv.
AF – Sou grato e a prova do sucesso não só do Vigilante Rodoviário como do Águias de Fogo está aqui, nesta entrevista! É isso que compensa todo o sacrifício do passado. Se meu trabalho até hoje continua fazendo sucesso, devo isso à todos vocês! Deixo aqui meu muito obrigado e continuem a fazer contato!



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin