Telenovela mexicana remake de Chispita que conta a história da órfã Luz Claria.

Emissora: Televisa.
Emissora no Brasil: SBT.
Transmissão Original: 30 de setembro de 1996 a 21 de fevereiro de 1997.
Duração: 22 minutos.
Temporadas: 1 (70 capítulos).
Cores.
Companhias Produtoras:
Televisa SA.

A Novela.


Luz Clarita foi uma telenovela mexicana produzida pela Televisa em 1996, remake de Chispita (1982). Sua  exibição se deu no Canal de las Estrellas entre 30 de setembro de 1996 a 21 de fevereiro de 1997, totalizando 70 capítulos. A novela substituiu Confidente de Secundaria e foi substituída por Los Hijos de Nadie. Inicialmente era exibida às 16h, porém a partir de 14 de outubro de 1996 foi remanejada para às 17h.

Talvez nem a Televisa imaginasse que uma história tão simples como Luz Clarita fizesse tanto sucesso. Porém a novela alcançou um grande êxito, e todos se apaixonaram pela história da órfã que só queria levar felicidade a todos. Acabou sendo uma das novelas mais exportadas da Televisa. E está também ao lado das novelas mais rentáveis para a emissora, sendo um dos clássicos junto a Chispita, Carrossel e Vovô e eu.

Luz Clarita, que representou a volta das telenovelas infantis na Televisa, foi a primeira produção de Maria Patrícia L. de Zatarain, a Mapat, e teve muita repercussão ao reeditar uma história conhecida com o elenco adequado. Em especial, ao trazer Daniela Luján como Luz Clarita.

A História.


Luz Clarita (Daniela Luján) é uma menina que irradia amor e ternura, que consegue tudo com um sorriso. Após perder sua avó, Cata, a pequena fica aos cuidados das freiras do orfanato em que viviam. Mariano de la Fuente (César Evora), um viúvo bonito e rico, busca no orfanato uma companheira para sua filha, na esperança de que ela volte a ser uma menina feliz, pois após a morte de sua mãe se tornou uma criança fria e solitária. Em sua busca, Mariano encontra Luz Clarita, uma garotinha simpática e travessa, adorada por todos. Ele então a leva para morar em sua mansão, onde é recebida com indiferença por sua filha Mariela (Ximena Sariñana).

Ela demonstrará à família de la Fuente que o amor é a essência da felicidade e, com suas travessuras tenta fazer com que todos que a rodeiam sejam felizes, mesmo que às vezes a menina se sinta triste por não ter sua mãe ao seu lado e por ser maltratada por Mariela e Brigida (Lili Garza), sua preceptora.

A menina tem dois grandes objetivos: devolver a felicidade à vida da Mariela e encontrar sua mãe. Luz Clarita tem uma grande amiga e protetora, que somente a menina pode vê-la, é uma fada chamada Dana, que sempre aparece para a pequena quando esta se vê envolvida em algum problema, para compartilhar de suas alegrias, ou até mesmo para conversar e aconselhá-la.

Uma das melhores amigas da Luz Clarita no orfanato é Soledad (Verónica Merchant), que trabalha de cozinheira e sofre de amnésia. As únicas pistas de sua vida são as visões em seus sonhos. O bondoso coração da Soledad e sua beleza não são somente percebidos por Luz Clarita, mas também por Mariano, desde quando a vê pela primeira vez. Estas três almas solitárias e diferentes talvez possam encontrar entre eles as peças que lhes faltam.

No Brasil.


No Brasil, Luz Clarita representou a volta das novelas mexicanas ao SBT, pois foi a primeira novela mexicana infantil exibida pelo canal depois de três anos sem a exibição de nenhuma.

O SBT apostou numa trama simples, para ser exibida durante as férias da novela Chiquititas, entre 4 de janeiro e 5 de abril de 1999 e conquistou 14 pontos de média. Durou quatro meses, e fez com que o SBT voltasse a investir nas novelas mexicanas.

Em 2001 era para ter sido exibida um reprise de Luz Clarita, mas o SBT optou pela novela infantil Gotinha de Amor.

 



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin