Enorme sucesso da TV Cultura apresentado por Gigi Anhelli; Silvana, o Palhaço Tic Tac,  Professor Parapopó e bonecos fantoches.

Emissora: TV Cultura.
Transmissão Original: de 1977 a 1990.
Duração: 30-60 minutos.
Temporadas: 14.
Cores.
Companhias Produtoras: Rede Record.

 

 

O Programa.


O Bambalalão foi um enorme sucesso da TV Cultura que embalou a infância de muita gente. Estreou em 1977 com módulos gravados e passou a ser transmitido ao vivo do Auditório Cultura em 1982. O programa era voltado para crianças de 5 a 10 anos, tendo como proposta básica transmitir educação informal pela televisão.

Durante o período em que esteve no ar, Bambalalão foi dirigido por nomes como os de Marcelo Amadei, Ademar Guerra, Antonio Abujanra, Arlindo Pereira, Memélia de Carvalho, Roberto Machado, Roberto Miller, Waldemar Jorge e Zita Bressane.

A turma do bamba era formada por Gigi Anhelli; a apresentadora Silvana Teixeira, que começou como atriz de Telecontos na emissora; o Palhaço Tic Tac, interpretado por Marilan Sales cuja característica principal era seu comportamento infantilizado e estabanado que distribuía apelidos e brincava com todo mundo. Ainda tinha um intelectual cientista louco interpretado por Chiquinho Brandão chamado Professor Parapopó, aquele que usava sempre um paletó com estampa em xadrez e uma máscara de nariz-bigode-óculos que muitas crianças compravam em feiras-livres.

Também fizeram parte da turma, em fases distintas, Helen Helene, Carlos Barreto, Dulce Muniz, João Acaiabe, Gerson de Abreu, Álvaro Petersen. Além dos apresentadores o programa ainda contava com os divertidíssimos bonecos Maria Balinha, João Balão, Bambaleão, Macaco Chiquinho, Macaca Chiquinha, Sapo Agapito e Boninho, criados por Memélia de Carvalho e Fernando Gomes. A proposta do Bambalalão era que os bonecos falassem da realidade da criança.

O programa era dividido em quadros e estimulava constantemente as crianças através de atividades de lazer e arte, inseridas em jogos, brincadeiras, mímica, teatro e canções infantis compostas por Paulo Afons, Moacir Júnior e apresentadas por Xyss.

Entre os quadros presentes no programa, estavam: “Sessão Matinê”, “Os Bambas da Turma”, “O Correio” e “Quem Quiser Que Conte Outra”, onde Gigi contava histórias, criadas por Rosana Rios e Januária Cristina, e no final de cada uma delas Gigi sempre falava a frase: “Essa história entrou por uma porta e saiu pela outra e quem quiser que conte outra!”

Gigi, que comandou o primeiro programa e ficou até sua última exibição comenta com saudade: “Quando me perguntam por que o Bambalalão acabou, nunca sei responder…”.

O programa foi ao ar pela última vez em fevereiro de 1990. Bambalalão ganhou o prêmio da APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte) de Melhor Programa Infantil nos anos de 1984, 1985, 1986 e 1987, além de Melhor Programa Infantil da Tv em 1982.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin