Emissora: NBC.
Emissora no Brasil: Rede Manchete.
Transmissão Original: de 18 de setembro de 1982 a 30 de janeiro de 1984 .
Duração: 12 minutos.
Temporadas: 2 (46 episódios).
Cores.
Companhias Produtoras: Hanna-Barbera Productions.

 

O Desenho.


Super Tiras foi criado por artista Janet Elizabeth Manco para a empresa Hallmark Cards, como personagens de cartões usados em datas comemorativas. A ideia das ilustrações era que os bichinhos vestissem camisetas sobre a qual estava a mensagem a ser passada no cartão.

A repercussão dos personagens foi tão boa que a Hallmark associou-se à Hanna-Barbera Productions, através dos produtores executivos Iwao Takamoto e Kay Wright, para juntos adaptá-los para uma série animada, nascendo assim o programa Super Tiras. A linha de cartões permaneceu por um tempo, sendo cancelada logo após o show ter deixado de ser transmitido em 1985.

Super Tiras foi apresentado originalmente nos Estados Unidos, nos sábados pela manhã, e estreou na rede americana NBC no dia 18 de setembro de 1982. Cada apresentação continha duas histórias de aproximadamente 12 minutos de duração, rendendo assim 46 episódios em 23 apresentações.

Depois da primeira temporada, a série passou a ser apresentada pela rede CBS, que reexibiu as duas temporadas, que duraram até o dia 30 de janeiro de 1984. Mas Super Tiras ainda continuou por vários anos a ser reapresentada pela USA Network, dentro do “Cartoon Express” e também em vários outros países ao redor do mundo.

A História.


Na verdade os Super Tiras (Shirt Tales) eram pequenos animais que lutavam contra o crime, ajudando as pessoas e solucionando mistérios. Eles moravam no subsolo de um parque cuja passagem era através do buraco de uma árvore. A toca era bem equipada, com computadores e passagens secretas.

Quando escutavam um pedido de socorro vindo de um cogumelo reluzente, os bichinhos vestiam suas camisetas especiais, que tinham o poder de mostrar os seus pensamentos e torná-los poderosos, e saíam em auxílio aos necessitados. Da lateral da ponte do parque abria uma passagem secreta de onde saíam em seu jato super rápido, o STSSY (Shirt Tales´s Supersonic Transport ou Transporte supersônico dos Super Tiras), que funcionava como carro, jato, barco, submarino, ou em qualquer outra forma imaginável. Onde o STSSY passava sempre assustando os gatos e cachorros da vizinhança.

O quati Rick era o líder do grupo,  além de ser o mais astuto ele tinha sempre um plano para solucionar os problemas; O tigre Tyg era o mais forte e veloz do grupo, ele adorava se exibir levantando pesos e suas qualidades sempre eram bem vindas no combate ao crime; o toupeira Digger era o mais inseguro e medroso dos Super Tiras, por isso vivia andando por debaixo da terra e aparecendo inesperadamente; a panda Pammy era a única menina na primeira temporada, ela fazia de tudo para ver todos felizes;  o orangotango Bogey era o mais zombador da gangue, mas estava sempre lá quando alguém precisava; e a canguru Kip era a mais nova dos Super Tiras, que só apareceu na segunda temporada.

O desenho mostrava ainda o Sr. Dinkle, o encarregado da manutenção do parque onde moravam os bichinhos. Ele não permitia que eles saíssem do parque e não fazia nem ideia de que seus queridos animaizinhos andavam por aí salvando a cidade dos bandidos!

No Brasil.


O desenho Super Tiras foi exibido no Brasil dentro do Clube da Criança em 1983. Para divulgar a série, os personagens chegaram a ser pintados no cenário do programa junto com outros protagonistas das demais animações do Clube. Saiu da televisão brasileira já no ano seguinte e não mais foi apresentado.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin