Lembra? – A Previsão do Tempo com o Feliz


Feliz na Previsão do Tempo do Aqui e Agora!

O programa jornalístico Aqui Agora estreou em 1991 no SBT e foi um dos mais polêmicos da televisão brasileira, com sua linguagem sensacionalista mostrando o “mundo cão”. Baseado no programa homônimo exibido pela Rede Tupi em 1979, o Aqui Agora era apresentado por Ivo Morganti e Patrícia Godoy e tinha os comentários de Sergio Ewerton, Christina Rocha e Luis Lopes Correa.

Todo o formato do jornalístico era muito pesado, sem dúvida voltado para o público adulto, mas em 1993 estreou no programa um personagem que faria as crianças assistirem ao Aqui Agora, era o Feliz, responsável pela previsão do tempo no telejornal.

Feliz reunia toda a família em frente à TV para ver suas maluquices ao anunciar a previsão do tempo, afinal ele revolucionou a linguagem do quadro, que até então era mostrado com uma certa seriedade pelos demais telejornais. Fosse chuva ou sol, Feliz sempre trazia a previsão com tamanha alegria que pouco importava como estaria o clima, todos queriam ver na verdade qual a performance do dia.

Aquela clássica composição do apresentador com um mapa do Brasil em chromakey por trás, ganhou mais alegria, Feliz usava o chroma também para brincar com os desenhos e seriados da emissora ou para estar em lugares bem inusitados. Assim, era possível ver o apresentador contracenando com o Tom e Jerry, ou em campo com a seleção brasileira ou até no meio de uma enchente, tudo adaptado ao contexto da previsão do tempo e aos acontecimentos mais badalados da época.

O personagem Feliz, na verdade chama-se Felisberto Duarte, ele trabalhou como ator em filmes como: Efigênia Dá Tudo Que Tem (1975) e Noites Paraguaias (1982) e também esteve em programas humorísticos do próprio SBT antes de virar o Homem do Tempo no Aqui Agora. Com apenas o quarto ano primário, Felisberto valeu-se de seu talento e alegria natos para chegar à fama, mas infelizmente após sua saída do SBT o Feliz ficou muitos anos sem atuar em programa algum.

Depois de voltar a trabalhar na segunda versão do Aqui e Agora, lançada em 2008, Feliz morreu com depressão no dia 10 de agosto do mesmo ano. Seus bordões, porém, ficaram imortalizados: “Boa Noite, e Tempos Felizes”……….”, E Pirirí e Pororó″.



style=”display:inline-block;width:300px;height:250px”
data-ad-client=”ca-pub-7216971035978343″
data-ad-slot=”8029069552″>

WordPress Video Lightbox Plugin