Emissora: CBS.

Emissora no Brasil: TV Record, Tv Bandeirantes e Rede Manchete.
Ano de Produção: 1966 (26 episódios).
Cores.
Companhias Produtoras: Hanna-Barbera.

Texto de AberturaLista de EpisódiosVídeo da aberturaElenco

 

 

 

O Desenho.

 

No dia 10 de setembro de 1966 Hanna-Barbera lançou mais um clássico dos desenhos animados baseado nos costumes da época, dessa vez o estúdio explorava com ironia duas modas da década de sessenta, os grupos de rock e os super-heróis, tratava-se da animação Os Impossíveis.

O programa era exibido na rede norte-americana CBS, junto com outra animação, o Frankenstein Jr. e durou 36 episódios.

Inicialmente, o nome seria The Incredibles, e os primeiros storyboards ainda mostram este título, mas acabou sendo mudado para The Impossibles.

 

 

A História.

 

O grupo que protagonizava a série era formado por Coil - O Homem Mola, Multi-Homem e Homem-Fluído, um trio de roqueiros  integrantes de uma banda que esconde secretamente a identidade de um grupo de super-heróis. Quando existe alguma ameaça, a equipe entra em ação e se transforma numa trinca de super-heróis bem divertidos prontos para combater os vilões. O grupo se chamava "Os Impossíveis" tanto em sua versão roqueira como quando exibiam seus super-poderes contra o crime. Já O visual dos heróis antes da transformação era o das bandas da época - todos tinham o penteado "moderno" e movimentavam-se tal qual sua fonte de inspiração.

 

 

Coil se tornava uma mola humana, podendo transformar os braços e as pernas em molas, além de utilizar sua flexibilidade para uma infinidade de movimentos. Baixinho e gordinho, o Homem-Mola era sempre o ídolo de todos os meninos baixinhos e gordinhos que assistiam a série; já o Multi-Homem era a imagem do cara desligado da turma, com o cabelo sempre cobrindo seus olhos. O Multi-Homem era capaz de duplicar a si mesmo criando inúmeras cópias igualzinhas uma a outra; e completava o trio o Homem-Fluído que tinha um poder que o fazia virar líquido e escapar das mais seguras armadilhas, além disso sempre usava uma máscara de mergulho completamente inútil.

O trio de heróis cumpria com eficiência as ordens do chefe Big D, que os chamava sempre que um super-vilão surgia para perturbar a paz. O palco portátil onde tocavam se transformava no Impossicar, um veículo voador, e lá iam eles lutar contra os bandidos gritando a famosa frase: "Vamos nós...", que ficou mais conhecida ainda na dublagem brasileira.

 

 

No Brasil.

 

As histórias em quadrinhos dos Impossíveis foram publicadas no Brasil em 1967 pela Editora Cruzeiro, no almanaque Heróis da TV, junto com outros personagens dos estúdios Hanna Barbera. Eram HQs produzidas pela editora norte-americana Gold Key.

Na versão brasileira o desenho teve a dublagem a cargo da AIC - São Paulo e o dublador Older Cazarré, famoso por seu personagem Dom Pixote, foi o dublador responsável pelo personagem Homem-Fluido.

 

 

 

 

COMENTE:

 

O InfanTv coloca à sua disposição um espaço para comentar as matérias publicadas no site. Pedimos que participe de maneira educada, respeitando a opinião dos demais e tratando exclusivamente dos temas abordados na página. Leia o nosso Termo de Uso e Responsabilidade.

 
comments powered by Disqus