Emissora: Rede Record e SBT.
Ano de Produção: de 1979 a 1980 e de 1981 a 1991.
Cores.
Companhias Produtoras: Rede Record e SBT.

Letra do Tema de AberturaTrilha SonoraFotoVídeo de Abertura

 

 

O Personagem.

 

 O personagem Bozo foi criado em l946, por uma gravadora de discos nos Estados Unidos, a Capitol Records. P. Colvig, um ator e dublador americano (que fez a primeira voz do Pateta, da Disney) foi contratado para fazer a voz de Bozo nos discos. Com o advento da TV em 1949, Bozo começa sua carreira televisiva. Larry Harmon, que no inicio foi um dos primeiros a interpretar Bozo, compra os direitos do personagem e, transforma Bozo em uma franchise - franquia -, ele cria uma personalidade para o Bozo e junto com estilistas de Hollywood inventa um cabelo engraçado e espetado para o personagem.

O programa do palhaço Bozo chegou a ser produzido em mais de 240 estações de TV em 40 países, entre eles, o Brasil.

 

 

O Programa.

 

Em 1979, o apresentador e comunicador, Sílvio Santos decide apostar nesta marca de sucesso, o Bozo americano (Larry Harmon) escolhe o comediante brasileiro, Wandeko Pipoca, para interpretar o personagem pela rede liderada pela Record e TVS do Rio. Em 1981, o programa transfere-se para o SBT, onde permaneceu no ar durante dez anos.

Em pouco tempo a Bozomania explode no Brasil, o programa do Bozo passa a ser exibido de manhã até a tarde, no SBT, Sílvio Santos decide contratar mais dois atores, Luís Ricardo e Arlindo Barreto, para desempenhar o personagem, numa jornada ao vivo, por todo o Brasil, e mais um outro para servir de stand-by, chamado Décio Roberto. Com o sucesso estrondoso, Sílvio Santos cria na segunda fase do programa, estúdios locais do programa no SBT da Bahia e outro no SBT do Rio, lá o Bozo é interpretado por Nani Souza e Charles Myara, muito conhecidos no Estado do Rio de Janeiro.

No exterior Bozo recebe o título de "Embaixador Mundial da Boa Vontade", título concedido pela Unesco. No Brasil milhares de produtos são lançados, o programa do Bozo, no SBT, recebe durante 5 anos sucessivos, o Troféu Imprensa e ganha 3 discos de ouro, um sucesso total! O compositor Marcos Pajé, também passa a viver o Bozo no SBT, mas infelizmente, em 1991, morre Décio Roberto, o único que permaneceu interpretando o palhaço Bozo até o fim, acabou então a alegria das crianças, sai do ar, no Brasil, o programa do palhaço Bozo.

 

 

No programa do Bozo, além de brincadeiras de palco com as crianças que visitavam as gravações, havia sorteios e as sempre engraçadas encenações com os personagens  Vovó Mafalda, Kuki, Papai Papudo, Bozolina, professor Salsi, além do próprio Bozo, trazendo um humor com clima circense antes das chamadas dos desenhos. Bozo lia cartas dos telespectadores, dava lições e cantava as músicas dos seus LP’s. 

Entre as brincadeiras a que mais se destacava era a da corrida de cavalos, onde cavalos de brinquedo "corriam" ao redor de uma pista no palco, enquanto o Bozo torcia gritando na maioria das vezes: "malhadinho, malhadinho", numa alusão ao cavalo malhado.

Até 1987, o programa do Bozo era exibido em três edições: uma pela manhã e as outras duas respectivamente no início e no final da tarde. Ao longo de sua trajetória, teve diversos cenários. Entre os desenhos exibidos no programa destacaram-se Popeye e Pica-pau, além do live-action Spectroman.

Em fevereiro de 1991, ao sair do ar, o programa foi substituído pela Vovó Mafalda, uma figura terna e bonachona, vivida por Valentino Guzo, que apresentava e comentava desenhos, contava histórias e dava conselhos salutares às crianças.

 

 

Elenco


 

Apresentação e Esquetes:

Wandeko Pipoca .... Bozo
Luís Ricardo .... Bozo
Arlindo Barreto .... Bozo
Décio Roberto .... Bozo
Marcos Pajé .... Bozo

Nani Souza .... Bozo

Charles Myara .... Bozo
Valentino Guzzo .... Vovó Mafalda
Gibi .... Papai Papudo
Flor .... Bozolina
Roni Cócegas .... Kuki Papai
Pedro de Lara .... Salci Fufu

Boneco Doca

 

Leia Também

 

MORRE O ATOR GIBE, O ETERNO PAPAI PAPUDO

25 de Julho 2010

 

 

 

 

COMENTE:

 

O InfanTv coloca à sua disposição um espaço para comentar as matérias publicadas no site. Pedimos que participe de maneira educada, respeitando a opinião dos demais e tratando exclusivamente dos temas abordados na página. Leia o nosso Termo de Uso e Responsabilidade.

 
comments powered by Disqus